DENÚNCIA.FUNCIONARIO LARANJA RECEBE SEM TRABALHAR EM ACRELÂNDIA.

Em Acrelândia cidade distante da capital Rio branco cerca de 103 Km , acontece um fato muito curioso, funcionários públicos e concursados são lotados onde era para ser seus posto de trabalho, mais um fato muito engraçado acontece, os mesmo apenas assinam o ponto no livro de registro e vão cuidar das suas atividades particulares.
Um fato interessante acontece no orgão estadual de fornecimento de agua de Acrelândia "DEPASA" , onde ali se trabalha um funcionario lotado nesse departamento atraves de contrato simplificado, mais o mesmo também e portariado num cargo na Câmara Municipal de vereadores de Acrelândia, sendo o mesmo lotado em dois emprego ao mesmo tempo, sendo um do DEPASA.
  O mais curioso da historia e que o funcionario e lotado na Câmara de Vereadores pela parte da manhã, nos horarios de 07:00 hrs da manhã, as 13:00 hrs da tarde, fato interessante e que o mesmo funcionario que e lotado no legislativo também e lotado no Orgão estadual "DEPASA" no mesmo horario que e lotado na Câmara de Vereadores, Caracterizando assim "O LARANJA DE ALGUNS DOS CARGOS"


  O edital do simplificado do DEPASA informa que os contratados tem por obrigação cumprir a cargas horária  escrita conforme contrato de emprego, que prega as 40 hrs semanas , dando 8 horas por dia.
 A denuncia foi feita por um funcionário do "DEPASA'' que não quis se identificar pelo simples fato de sofrer perseguição em seu emprego, pois o mesmo tal funcionário "LARANJA" e irmão do gerente do órgão "DEPASA", que o mesmo ja se caracteriza o crime do NEPOTISMO conforme lei, por se parente de primeiro grau ,  , e que o mesmo não cumpria o horário de forma legal, assim relatou.

A denuncia será levada até o ministério publico de Acrelândia para investigação, para assim ser tomada as devidas providência sobre os fatos, se condenado o tal suposto funcionário "LARANJA'' terá que devolver a os cofres públicos o valor recebido de forma ilegal, sem exerce sua atividade.
fato que já vem acontecendo onde o prefeito afastado vinha pagando de forma ilegal o Vereador do PSDB João Garcia, que recebia dos cofres da prefeitura um salário de motorista de Ônibus , onde o mesmo encontrava-se  afastado do cargo, e que foi condenado a devolver a os cofres publico o valor recebido da prefeitura de forma ilegal .

Acrelândia Manchete 14 de Novembro de 2015.
Compartilhe este artigo :

Postar um comentário

 
Traduzido Por : Template Para Blogspot Copyright © 2011. ACRELÂNDIA EM MANCHETE - All Rights Reserved
Proudly powered by Blogger